Valorização à Vida: razões para viver

Published by Dr. Lucas Fortaleza - Psiquiatra on

1 min

  • A história de cada pessoa é especial. Todo indivíduo é único, assim como seus propósitos de vida.
  • Quando se está passando por períodos de sofrimento, pode ser difícil encontrar, por conta própria, motivos para viver.
  • O sentido da vida não é o que a gente espera da vida, mas o que a vida espera da gente. Exemplos de algumas maneiras para descobrir sentido na vida (segundo a logoterapia, do psiquiatra Viktor Frankl):
    • Criando um trabalho ou praticando um ato
    • Experimentando algo (ex: bondade, verdade, natureza, cultura) ou amando alguém
    • Pela decisão que tomamos perante o sofrimento inevitável (quando não somos mais capazes de mudar uma situação, somos desafiados a mudar a nós mesmos)

”A maioria dos pacientes se arrepende de ter tentado. A maioria fica feliz por não ter conseguido tirar a vida. A maioria descobre, cedo ou tarde, uma solução para seus problemas. A maioria encontra um sentido para suas vidas e recupera a vontade de viver. Mesmo que a chance de que as coisas melhorem seja muito pequena, quem pode garantir que no seu caso isso não acontecerá, mais cedo ou mais tarde? Mas em primeiro lugar, você tem que viver para enxergar o dia em que isto pode acontecer, precisa sobreviver para ver nascer aquele dia, e, a partir de então, a responsabilidade da sobrevivência não o deixará mais.

(Viktor Frankl)
  • Exemplos de algumas razões para viver (segundo esta escala, da psicóloga Marsha Linehan):
    • Eu tenho o desejo de viver.
    • Eu tenho coragem de encarar a vida.
    • Eu ainda tenho muitas coisas a fazer.
    • Eu tenho um impulso interior para sobreviver.
    • Minha família depende de mim e precisa de mim.
    • A vida é tudo o que temos e é melhor do que nada.
    • Eu acredito que posso aprender a lidar com meus problemas.
    • Eu tenho planos futuros e estou almejando a realização deles.
    • Eu acredito que eu posso achar outras soluções para meus problemas.
    • Eu tenho esperança de que as coisas vão mudar e o futuro será mais feliz.
    • Preocupo-me com meus familiares e com as pessoas que importam para mim.
    • Eu acredito que eu possa encontrar um propósito na vida, uma razão para viver.
    • Eu quero experimentar tudo o que a vida tem para me oferecer e há muitas experiências que eu ainda não tive e que eu quero ter.